Publicado por: inctambtropic | junho 13, 2017

GEOHAB2017 e inctAmbTropic

A falta de recursos praticamente “congelou” as atividades de pesquisa  do inctAmbTropic. Desde 2014 que  não recebemos novos recursos. O inctAmbTropic Fase II (Edital 2014) foi aprovado e com os recursos inicialmente liberados estamos tentando manter um mínimo de atividades. Como este “blog” foi concebido para funcionar como um repositório das atividades do inctAmbTropic, estamos pouco a pouco retomando as postagens, incluindo as atrasadas.

Em maio de 2015 o inctAmbTropic apoiou a realização do GeoHab2015 (ver postagem) em Salvador, Bahia. O estudo da geodiversidade dos fundos marinhos é uma das metas do GT2.1 (Geodiversidade, Biodiversidade e Recursos Vivos da Plataforma Continental). Como desdobramento do evento a profa. Tereza Araújo (UFPE)  aprovou um projeto de pesquisador visitante de curta direção, junto à UFPE, o que possibilitou a visita do prof àquela instituição logo após o GeoHab2015. Na ocasião o prof. Craig Brown, ministrou um curso de pós-graduação sobre mapeamento de habitats marinhos, com 15 horas de duração.  Participaram deste curso diversos alunos vinculados ao inctAmbTropic que desenvolvem trabalhos nesta área. Alguns destes alunos já concluíram e defenderam com sucesso suas teses e dissertações.

O GEOHAB 2017 foi realizado em Nova Scotia, Canadá, no período 1 a 5 de maio de 2017.

geohab-2017-release-compatibility-mode-microsoft-word-today-at-10-27-47-e1497363775725.png

GeoHab 2017

Duas integrantes da equipe do inctAmbTropic estiveram presentes: Tereza Araújo (Professora) e Débora Lucatelli (Pós-Doc) (ex-bolsista do inct) do  Departamento de Oceanografia UFPE, Grupo de Pesquisa LABOGEO (Laboratório de Oceanografia Geológica).

Dois trabalhos foram apresentados:

Marine geodiversity of northeastern Brazil: a step towards benthic habitat mapping in Pernambuco continental shelf. DEBORA LUCATELLI, J.M.R. CAMARGO, C.J. BROWN, J.F. SOUZA-FILHO, E. GUEDES-SILVA, T.C.M. ARAÚJO

picture1-e1497362232180.png

A dra Debora Lucatelli (ex-bolsista do inctAmbTropic) coordenou a seção 4 do evento: Shelf and deep-sea habitats

Submerged channels of the eastern Brazilian continental shelf: Can the slope value be used as potential surrogates of reef environments? TEREZA C.M. ARAÚJO, J.M.R. CAMARGO, B.P. FERREIRA, M. MAIDA

geohab-2017-release-compatibility-mode-microsoft-word-today-at-10-26-53-e1497363812548.png

Profa. Tereza Araújo (UFPE)

A dra. Debora Lucatelli (UFPE) coordenou ainda a seção 4: Shelf and deep-sea habitats e a  proof. Tereza Araújo (UFPE) participou ainda como no painel Grand challenges in shelf and deep-water mapping, and emerging Technologies, coordenado por Anthony Grehan e tendo como participantes Aarno Kotilainen, Tim Webster, Arne Pallentin e Tereza Araújo.

Picture3

A profa. Tereza Araujo (UFPE) participou no painel Grand challenges in shelf and deep-water mapping, and emerging Technologies, do Geohab2017

A dra. Tereza Araujo nos enviou o seguinte relato de sua participação:

O evento foi muito bem organizado, muito proveitoso. Acho importante a participação do Brasil, apesar de nossas dificuldades. Entretanto, devagar e sempre estamos lá. Uma coisa importante, é publicação da segunda edição do Seafloor Geomorphology as Benthic Habitat: GeoHAB Atlas of Seafloor Geomorphic Features and Benthic Habitats, editado em 2011 por Peter Harris e Elaine Baker (Elsevier ISBN: 9780123851406). Dessa vez teremos o que apresentar (aqui eu gostaria de afirmar a importância do INCT, para nosso avanço). O dr. Peter Harris me perguntou se nós participaríamos e eu confirmei. Penso que vários grupos brasileiros já têm dados no mesmo nível do que é feito no exterior. Acredito ainda, que o Craig Brown e o Brian Todd valorizaram muito nossa participação, tanto com o convite para Débora coordenar uma Seção, como o convite para minha participação no Panel Discussion. Eles queriam a participação do Atlântico Sul, e no final foi muito válido, discutir um pouco (foi só 20 minutos) sobre nossas dificuldades e avanços também. Várias pessoas conversaram comigo em separado, e sempre perguntavam pelos próximos passos. O Geohab2018 será em Sta Barbara, Califórnia, organizado por Guy Cochrane. Foi ainda bastante discutida a possibilidade de organização de webseminar em outras línguas (espanhol, português, chinês, etc), para que se consiga uma maior penetração  e expansão do GEOHAB, assim como treinamento no uso de equipamentos e softwares.

 


Responses

  1. Parabéns pela participação, Tereza e Débora. Creio que apesar das dificuldades iremos retomar gradualmente nossas atividades e recuperar o fôlego em nossos trabalhos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: